Viva Cidadão
Terceira fase do Mutirão ‘Mais IDH’ prepara instalação de cozinhas comunitárias de kits sanitários
Notícias - Notícias
Seg, 11 de Maio de 2015 13:33

foto_jardelscott_3a etapa MAIS IDH Araioses e milagres do MAfoto_jardelscott_3a etapa MAIS IDH Araioses e milagres do MA

O Mutirão ‘Mais IDH’ entra na terceira e última fase com ações em mais dez municípios com baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH). São 12 dias de atividades que incluemlevantamento das necessidades de cada município para a construção de cozinhas comunitárias, instalação de kits sanitários e outros serviços, além de atendimentos à saúde, orientações profissionais e jurídicas, e emissões de documentos.

A itinerância começou no último dia 4 de maio e encerra no próximo dia 16. As cidades contempladas nesta etapa são: Araioses, Água Doce do Maranhão, Santana do Maranhão, Milagres do Maranhão, Santo Amaro, Primeira Cruz, Belágua, Afonso Cunha, Aldeias Altas, São João do Sóter.

O governo do Estado por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) está realizando o levantamento necessário para a instalação de 30 cozinhas comunitáriase de 100 kits sanitários e três sistemas simplificados de abastecimento de água nos municípios atendidos nas regiões dos Lençóis Maranhenses e Baixo Parnaíba. Além disso, também será feito o monitoramento da assistência social, busca ativa para atualização do cadastro único pelos municípios, implantação do Sistema Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, o anúncio do Programa Mais Bolsa Família Escola com articulação das secretarias municipais de educação e assistência para garantir que os alunos tenham acesso ao benefício, e ainda, ações na área de saúde, social e profissional e emissão de documentos.

Para o governador Flávio Dino os mutirões do ‘Mais IDH’ ajudam a mudar a realidade dos municípios maranhenses. “O mutirão tem o objetivo de garantir que haja desenvolvimento verdadeiro no Maranhão. Para isso, nós precisamos ter mais investimentos, mais negócios, mais empresas, crescimento da riqueza, mas também serviços públicos e distribuição de riquezas para aqueles que mais precisam”, destacou o governador.

 

Mais de 30 mil atendimentos

As ações do ‘Mutirão Mais IDH’ já foram levadas a 18, dos 30 municípios maranhenses incluídos no Plano de Ações ‘Mais IDH’. Nas duas primeiras etapas foram mais de 38 mil atendimentos sociais, como emissão de Carteira de Identidade, CPF, Carteira de Trabalho, Alistamento Militar e certidões como a de antecedentes criminais. Além destas ações sociais, o Mutirão ‘Mais IDH’ também levou serviços de saúde aos 18 municípios já contemplados, contabilizando mais 50 mil atendimentos.

Com relação aos atendimentos na área de saúde, o governador Flávio Dino ressaltou a realização de exames de mamografia que detectou um elevado índice de câncer de mama. “Os exames de mamografia para as mulheres, mostram, infelizmente, um altíssimo índice de câncer de mama ou suspeitas de câncer de mama, mostrando que esse caminho é fundamental. Precisamos ter permanentemente ações de suporte de atenção básica, que são responsabilidade das administrações municipais, mas, agora, contam com o apoio do governo do estado”, afirmou o governador.

 

Plano de Ações ‘Mais IDH’

 

Recentemente, foi realizado ‘Seminário Nacional O Plano Mais IDH e o Desenvolvimento Territorial do Maranhão’. O seminário debateu as diretrizes para o desenvolvimento territorial dos municípios e regiões com os menores indicadores sociais e ampliaçãodos benefícios aos maranhenses.

Além de avaliar as ações que já estão sendo feitas nesta etapa, o seminário planejou os próximos passos, com base em experiências exitosas em outras regiões do Brasil e nas demandas da sociedade. Representantes dos 30 municípios alvo do programa tiveram acesso a informações deexperiências que deram certo em estados como Ceará e Bahia, além de estudos técnicos apresentados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

“A partir deste seminário haverá uma agenda de desdobramento e dessa agenda a gente vai poder ampliar ainda mais o ‘Mais IDH’ e pensar no desenvolvimento do Maranhão como um todo, já fazendo um link com o planejamento plurianual, o PPA, que o estado tem que fazer para os próximos anos”, explicou a secretária-adjunta de promoção do IDH da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Aracea Carvalho.

 

Comitês ‘Mais IDH’

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular (SEDIHPOP), realizou a instalação dos Comitês Municipais do Plano de Ação ‘Mais IDH’ nos 30 municípios maranhenses de menor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM). Os Comitês são instâncias de participação e controle social e têm a finalidade de monitorar as atividades do Plano de Ações ‘Mais IDH’ e discutir e propor políticas públicas para os municípios.

A criação dos comitês se deu a partir de plenárias com a participação de prefeituras, Câmaras Municipais, organizações e representantes da sociedade civil local. As plenárias ocorreram de forma aberta e ampla, com uma pauta abrangendo o Plano de Ações ‘Mais IDH’ e a importância do Comitê Municipal para a sua efetivação, seguida de discussão e aprovação do regimento interno para funcionamento do Comitê.

 
Diretora do Viva Cidadão faz visita técnica e articula novas parcerias em outros municípios
Notícias - Notícias
Sex, 08 de Maio de 2015 17:31

Durante os dias 27, 28, 29 e 30 de abril, a diretora do Viva Cidadão Mari-Silva e membros de sua equipe: a supervisora de atividades meio, Noeli Cruz e  o advogado da instituição Arnaldo Macedorealizaram visitas técnicas aos municípios de Imperatriz, Grajaú e Barra do Corda. O objetivo da viagem foi reunir-se com representantes dos municípios para formar novas parcerias junto ao Viva Cidadão para prestar atendimentos ao público através do órgão.

Leia mais...
 
MAIS IDH: Governo investe em 13 ações prioritárias para elevar indicadores sociais do Maranhão
Notícias - Notícias
Seg, 27 de Abril de 2015 11:53

Para melhorar os indicadores sociais do Estado, o governo Flávio Dino desenvolve 13 ações prioritárias nos 30 municípios com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) atendidos pelo Plano de Ações ‘Mais IDH’. Programas como o ‘Água para todos’, ‘Minha Casa, Meu Maranhão’, ‘Escola Digna’, ‘Mais Bolsa Família Escola’, ‘Cozinha Escola Comunitária’, o ‘Maranhão Produtivo’ e o ‘Mutirão Mais IDH’ são parte das políticas do governo para elevar o IDH no estado.

Leia mais...
 
Diretora do Viva Cidadão realiza visita em Cajari e outros municípios
Notícias - Notícias
Ter, 14 de Abril de 2015 18:22

alt

 

A diretora do Viva Cidadão  Mari-Silva Maia realiza visita técnica na Unidade Móvel de Cajari para acompanhar o atendimento das unidades e a prestação de serviço. E além desta irá visitar as unidades de Satubinha, Lago Açu e Brejo de Areias.

O município de Cajari está localizado há 200 quilômetros de São Luís, a cidade está no ranking dos 30 municípios de pior IDHM do estado, ocupa 26ª posição no ranking e possui mais de 18 mil habitantes.

Segundo a Chefe de Execução Amélia Luiza Gutemberg Mendes, o serviço mais procurado é a emissão de RG; “Tivemos dias em que atendemos mais de 100 pessoas, a procura está sendo grande, o atendimento começa às 7h30, mais antes disso já temos pessoas a espera dos serviços”, conta Amélia.

A primeira via do RG é gratuita, o que aumenta a procura pelo serviço. A Unidade móvel está lotada no município desde o dia 06 de abril e já contabilizou cerca de 2.780 atendimentos.

Hinoan Rosa Gomes de 23 anos levou o filho de apenas 5 anos para tirar a primeira identidade e o CPF, “Trouxe meu filho pois na escola eles já estão pedindo o RG e também vai ajudar na hora de viajar porque viajo com ele e tenho que levar o registro que é um documento grande até para guardar” , explica.

A Unidade Móvel do Viva Cidadão fica na cidade até o dia 18 e está instalada na Rua Américo Diniz, ao lado da Secretária de Assistência Social, realizando serviços de emissão de RG, CPF, Carteira de Trabalho, Antecedentes Criminais e serviços online no Balcão do Cidadão (certidões eleitoral, federal e estadual, inscrição do NIT, Cadastro da CCL, segundas vias de conta e outros).

 
Seminário Nacional: O Plano Mais IDH e o Desenvolvimento Territorial do Maranhão
Notícias - Notícias
Ter, 05 de Maio de 2015 00:00

O Governo do Maranhão promove nesta quarta-feira (6), no Auditório do Palácio Henrique de La Rocque, em São Luís, o Seminário Nacional O Plano Mais IDH e o Desenvolvimento Territorial do Maranhão.

 

O Plano de Ações Mais IDH constitui um dos eixos centrais das ações do Governo Flávio e representa uma das mais importantes e urgentes ações em favor do desenvolvimento do estado. Inicialmente focado nos 30 municípios com os mais baixos Indicadores de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), o Plano articula políticas públicas de educação, saúde, oferta de infraestrutura e geração de renda, em ações destinadas a retirar tais municípios do quadro de isolamento e estagnação em que se encontram e inseri-los em uma dinâmica crescimento econômico com inclusão produtiva e social. 

Leia mais...
 
O Viva Cidadão segue em mais um Mutirão ‘Mais IDH’.
Notícias - Notícias
Qui, 23 de Abril de 2015 18:39

O mutirão 'Mais IDH', lançado pelo governador Flávio Dino para promover a superação da extrema pobreza e das desigualdades sociais no Estado do Maranhão, segue em sua 3ª etapa.

A nova etapa terá inicio no próximo dia 04 e segue até 16 de maio. Treze municípios receberão atendimentos: Afonso Cunha, Santana do Maranhão, Araioses, Aldeias Altas,  Água Doce do Maranhão, Primeira Cruz,  São Francisco do Maranhão, São João do Soter ,  Milagres do Maranhão, Santo Amaro.                            

 
Mutirão ‘Mais IDH’ estende ações a Lago Açu e Brejo de Areia
Notícias - Notícias
Ter, 14 de Abril de 2015 17:11

O município de Conceição do Lago Açu, localizado há 311 quilômetros da capital, ocupa a nona posição em relação aos municípios com piores Índices de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) do Maranhão (0,512). A cidade possui pouco mais de 14 mil habitantes, sendo que 52,42% vivem na zona rural e a renda per capita média é de R$ 170,79. Com a chegada do Mutirão ‘Mais IDH’, não só os moradores da cidade como dos 51 povoados existentes na região puderam receber o atendimento de saúde e cidadania.

A dona de casa Francisca Rocha, 35 anos, contou que estava solicitando a segunda via de sua carteira de identidade, pois o documento atual tinha mais de 15 anos de emissão e por conta da ação do tempo já estava quase ilegível. “Não podia perder essa oportunidade que o governo do Estado estava nos proporcionando de regularizar e emitir novos documentos de graça. Em alguns lugares minha identidade já nem era mais aceita então vim ao mutirão e tirei a segunda via do meu RG”, comentou.

A estudante Valéria Rocha, 12 anos, contou que a carteira de identidade agora é uma exigência das escolas e por isso a procura pelo documento aumentou. A adolescente aproveitou o mutirão para solicitar também o CPF. “A minha mãe me orientou e disse que seria melhor retirar logo todos os documentos, pois se no futuro a escola solicitasse já não teríamos mais problemas. Estou feliz, pois é a primeira vez que vou ter um documento com foto”, disse.

O Mutirão integra o Plano de Ação ‘Mais IDH’, lançado pelo governador Flávio Dino para promover a superação da extrema pobreza e das desigualdades sociais no meio urbano e rural, por meio de estratégia de desenvolvimento territorial sustentável, com políticas públicas que valorizem a diversidade social, cultural, econômica, política, institucional e ambiental das regiões do Estado.

 

De acordo com a supervisora do setor de Identificação da Unidade Móvel 1, Silvia Padilha, a emissão do CPF e a segunda via da carteira de identidade foram os documentos mais solicitados na cidade. Com a oportunidade oferecida pelo Estado, já foram realizados mais de 2.300 atendimentos no município. “Com o mutirão a população não precisa pagar a segunda via do RG que custa R$ 29,00 e nem precisa se deslocar 72 quilômetros, até a regional Bacabal, para emitirem os documentos. Ou seja, a ação trouxe não só praticidade e comodidade como também cidadania”, explicou.

 

Brejo de Areia

 

Uma das grandes conquistas do Mutirão ‘Mais IDH’ é chegar a municípios de difícil acesso, levando serviços de saúde e cidadania a maranhenses que não costumavam ser beneficiados. Brejo de Areia, localizado há 347 km da capital, ocupa a 21ª posição em pior IDHM do Maranhão (0,519) e faz parte dessa estatística. O município possui pouco mais de 5,5 mil habitantes, com renda per capita de R$ 187,95.

 

O único acesso ao município é por uma precária estrada de terra, que durante o período chuvoso se torna praticamente intrafegável com inúmeros pontos de atoleiro por toda a extensão da estrada, deixando o município quase isolado. Apesar das inúmeras dificuldades, as equipes do governo do Estado, responsáveis pelo atendimento de saúde e emissão de documentos, conseguiram chegar ao município para levar dignidade e cidadania à população por meio da prestação de serviços básicos, os números já ultrapassam 1.100 atendimentos em Brejo de Areia.

 

Segundo o chefe de Execução de Serviços da Unidade Alternativa de Brejo de Areia, José Lino, além da sede existem ainda outros 20 povoados no entorno de Brejo de Areia que também estão sendo atendidos pelo Mutirão ‘Mais IDH’. “A procura pelos serviços tem sido proveitosa e positiva, pessoas que não tinham possibilidade de ir até a regional Bacabal para emissão de documentos agora puderam receber CPF e carteira de identidade pela primeira vez, além de solicitar a segunda via dos documentos gratuitamente. A ação é uma alternativa que facilita o atendimento e proporciona a chegada da cidadania às comunidades mais carentes”, afirmou.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 43

Visitantes

Nós temos 8 visitantes online

O Debutante da Cidadania

Vagas Sine

Confira as vagas de emprego disponíveis no SINE clicando Aqui.

Clima Tempo